Tudo junto e misturado

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Ficha Limpa

Ontem (29/09/09) foi enviado ao congresso nacional, um projeto de lei de iniciativa popular que colheu um milhão e trezentas mil assinaturas, que viza impedir que políticos condenados na justiça (mesmo em primeira instância) disputem eleição.
Que bom seria. Por que seria? Porque não será.
Louvável o esforço do MCCE (movimento de combate a corrupção eleitoral) que mobilizou muita gente e despendeu muito esforço na coleta das assinaturas, mas infelizmente o projeto para ser aprovado terá que seguir os trâmites legais, ou seja, ser aprovado no congresso e no senado para depois sofrer sanção presidencial.
É sonhar demais esperar que deputados e senadores transformem em lei um projeto que só a eles não interessa, afinal, quem são, senão eles, os que serão punidos, quem são os que mesmo com processos na justiça, soltam fogos comemorando a escolha do povo.
No final das contas se aprovado, esse projeto estará totalmente descaracterizado de tantas emendas parlamentares que sofrerá, ficará mais ou menos assim: só não poderá concorrer às eleições, os condenados em última instância por matarem a mãe ou estuprarem a irmã, mas poderão concorrer normalmente, os que forem pegos por desvios de verbas públicas, improbidade administrativa e má gestão da coisa pública.
E agora fica a pergunta que não quer calar. Qual presidente sancionará essa Lei? O Lula, o próximo, ou quem vencer em 2014?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

José Serra, os porquinhos e a matemática.

Esses videos mostram como se faz necessário a saída do sapo barbudo analfabeto e ignorante, para a entrada de alguém culto e versado em todos os assuntos.

Arquivo do blog

Contador de visita

Não é novela mas se quiser seguir fique a vontade