Tudo junto e misturado

domingo, 20 de setembro de 2009

A injustiça passeia pelas ruas com passos seguros

A injustiça passeia pelas ruas com passos seguros.

Os dominadores fazem planos para dez mil anos.

O poder apregoa: as coisas continuarão a ser como são

Nenhuma voz se levanta além da dos que mandam

E em todos os mercados se proclama a exploração;

Isto é apenas o começo.

E entre os oprimidos muitos dizem:

Não se realizará jamais o que queremos!

O que ainda vive não diga: jamais!

O seguro não é seguro. Como está não ficará.

Quando os dominadores falarem

falarão também os dominados.

Quem se atreve a dizer: jamais?



De quem depende a continuação desse domínio?

De nós!

De quem depende a sua destruição?

Igualmente de nós.



Os caídos que se levantem!

Os que estão perdidos que lutem!

Quem reconhece a situação como pode calar-se?

Os vencidos de agora serão os vencedores de amanhã.

Os dominadores fazem planos para dez mil anos.

O poder apregoa: as coisas continuarão a ser como são

Nenhuma voz se levanta além da dos que mandam

E em todos os mercados se proclama a exploração;

Isto é apenas o começo.

E entre os oprimidos muitos dizem:

Não se realizará jamais o que queremos!

O que ainda vive não diga: jamais!

O seguro não é seguro. Como está não ficará.

Quando os dominadores falarem

falarão também os dominados.

Quem se atreve a dizer: jamais?



De quem depende a continuação desse domínio?

De nós!

De quem depende a sua destruição?

Igualmente de nós.



Os caídos que se levantem!

Os que estão perdidos que lutem!

Quem reconhece a situação como pode calar-se?

Os vencidos de agora serão os vencedores de amanhã.






Berthold Brecht

Nenhum comentário:

Postar um comentário

José Serra, os porquinhos e a matemática.

Esses videos mostram como se faz necessário a saída do sapo barbudo analfabeto e ignorante, para a entrada de alguém culto e versado em todos os assuntos.

Arquivo do blog

Contador de visita

Não é novela mas se quiser seguir fique a vontade