Tudo junto e misturado

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Olha ele aí de novo geeente!



O príncipe dos socialistas apareceu de novo, e pra que? Pra dizer que todas as realizações do governo Lula é nada mais nada menos do que mérito dele.
Entre outras coisas ele diz que a Petrobras só se tornou a empresa que é, depois da quebra do monopólio. Tudo bem senhor Fernando Henrique, a gente é ingênuo e acredita. Mas bem que o senhor podia explicar porque é que tendo quebrado o monopólio em agosto de 1997 até 2002 a empresa não cresceu nada e de 2003 a 2010 passou de 18 bilhões de dólares para 200 bilhões de dólares de valor de mercado. Ah! Já sei, com certeza esse foi um momento difícil, de transição e muitas crises internacionais, sei como é.
Outro trololó que ele disse, é que teve que ir ao FMI por conta da instabilidade gerada pelo risco Lula, como é bom ter alguém em quem por a culpa de nossas cagadas. Não foi o estelionato eleitoral, onde ele manteve a paridade do real com o dólar por quatro anos, o que estagnou a produção e o país passou a depender de entrada de capital especulativo de curto prazo que a qualquer intempérie numa bolsa nos cafundós da Ásia eram tirados daqui para cobrir perdas que os investidores tiveram por lá, não, não foi nada disso, foi tudo culpa do Lula.
Disse também que a privatização do sistema Telebrás trouxe enormes ganhos para o povo brasileiro, pois democratizou o acesso à internet e aos celulares. Ohhh! Como somos ingratos em não agradecê-lo. E eu pensando que ele investiu 21 bilhões no sistema de telefonia para entregar aos compradores. E depois de ver esses 21 bilhões investidos ainda vi as empresas receberem financiamentos via BNDES para realizar a transação e também usaram títulos podres na compra, depois de tudo isso passamos a ter as maiores tarifas de telefonia fixa, móvel e de internet do mundo. É muita ingratidão não enxergar os benefícios. Ele diz também que o Lula se apossou das realizações de seu governo atribuindo pra si o sucesso de programas sociais como o bolsa família e tome trololó.
Ta certo, e a gente fica falando que ele é que se apossava de realizações do governo Itamar, coisas tipo plano real, fim da inflação, genéricos, etc. O trololó todo pode ser lido aqui.
O lado positivo das aparições dele, é que a cada vez que ele aparece o Serra despenca mais um pouco, ô cruz pesada o tal FHC.


Escrito por Sandro Stahl

Nenhum comentário:

Postar um comentário

José Serra, os porquinhos e a matemática.

Esses videos mostram como se faz necessário a saída do sapo barbudo analfabeto e ignorante, para a entrada de alguém culto e versado em todos os assuntos.

Arquivo do blog

Contador de visita

Não é novela mas se quiser seguir fique a vontade