Tudo junto e misturado

quarta-feira, 24 de março de 2010

Currículum do Serra



Reproduzo aqui o comentário de Jucelino Cecel no blog do Azenha:
"Reparem bem num detalhe: O Serra começou a fazer engenharia, largou no meio. Voltou do exilio, se elegeu deputado, largou sem assumir pra virar Secretario estadual. Se elegeu Senador, largou os 8 anos nas mãos do financiador da Fiesp pra virar Ministro. Se elegeu prefeito, largou nas maos do PFL pra se candidatar a governador. Se elegeu governador, larga agora pras proximas eleiçoes. Vcs viram? Ele NUNCA concluiu nada do que se propos a fazer."

Vale acrescentar que ao deixar o senado para ser ministro (do planejamento), também deixou o ministério para concorrer a prefeitura de SP, e depois de ser derrotado nas urnas, voltou ao governo para ser ministro da saúde, do qual também saiu para ser candidato a presidente em 2002.

Uma outra coisa interessante é como vota o paulistano, em 2006 escolheu (ainda bem que o resto do Brasil não) para presidente Geraldo Alckimin, e dois anos depois o rejeitou para prefeito da cidade e preferiu alguém que, até a prefeitura cair em seu colo, nem conhecido era. E agora, segundo as pesquisas, votarão para governador em quem rejeitaram para prefeito em detrimento de um até então desconhecido Kassab. É ou não é interessante a maneira como os paulistanos fazem suas escolhas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

José Serra, os porquinhos e a matemática.

Esses videos mostram como se faz necessário a saída do sapo barbudo analfabeto e ignorante, para a entrada de alguém culto e versado em todos os assuntos.

Arquivo do blog

Contador de visita

Não é novela mas se quiser seguir fique a vontade